Vote na melhor roupa do Goku!

Votação é organizada em comemoração do “Goku Day”, que acontece no próximo 9 de maio!

Em comemoração ao “Goku Day” em 9 de maio, a série Dragon Ball anunciou o projeto “Kakarot Collection”, uma pesquisa on-line em que os fãs podem votar na melhor roupa que Goku já vestiu. Dentre as 30 opções que voto, a vencedora será transformada em uma action figure que será lançada no Goku Day de 2021.

A pesquisa acontecerá entre dias 9 a 29 de maio e sorteará 59 fãs que ganharão prêmios exclusivos. Lembrando que a campanha não é válida para o Brasil.

Em tempo, a campanha do Goku Day de 2019 convidou os fãs a escolherem seu favorito entre as diferentes variações de Goku de Dragon Ball , Dragon Ball Z , Dragon Ball Super e o filme Dragon Ball Super: Broly . Goku na forma de Super Saiyajin 1 foi eleito o vencedor, e uma figura de 18 cm dele nessa forma será lançada em 6 de junho desse ano.

Essa figura ficaria ótima na sua estante, hein?

O que é o Goku Day?

Em 2015, a Japan Anniversary Association reconheceu oficialmente o dia 9 de maio como o “Dia de Goku”. O dia foi escolhido pois os números 5 e 9 podem ser lidos em japonês como “Go” e “Ku”, respectivamente.


Fonte: Comic Natalie


SOBRE DRAGON BALL

Criado por Akira Toriyama, Dragon Ball é uma série de mangá publicada originalmente na revista semanal Shonen Jump, da editora Shueisha entre 10 de setembro de 1985 e 4 de agosto de 1995, compiladas em 42 tankobons.

A obra conta a história de Goku, um menino com rabo de macaco que sai em busca das sete Esferas do Dragão, capazes de realizar qualquer desejo, quando se encontra pela primeira vez com Bulma, uma garota da cidade que apresenta o mundo ao garoto que nunca havia saído das montanhas onde cresceu com o avô. Ao longo dos capítulos, o leitor acompanha o amadurecimento do protagonista, que cresce, casa e tem filhos e netos.

Uma série com o mesmo nome foi adaptada a partir de 1986, mas foi em 1989, quando Goku se tornou um adulto, que a série foi rebatizada como Dragon Ball Z e se tornou a responsável por apresentar a história para todo o mundo!

Na fase Z, o clima de aventura e descoberta é trocado por inimigos muito mais ameaçadores, lutas épicas e desfechos surpreendentes. Dividida em quatro sagas (Saiyajin, Freeza, Cell e Majin Boo) a série se tornou um fenômeno mundial.

Após o fim de Dragon Ball Z, quatro outros animes foram produzidos: Dragon Ball GT, que conta uma possível continuação da série; Dragon Ball Kai é um compilado em 100 episódios da fase Z, cortando todos os fillers e abrandando várias cenas de violência; Dragon Ball Super, continuação cânone da série (que também conta com um mangá ilustrado por Toyotarō) e Dragon Ball Heroes, spin-off que reúne todos os universos criados em vários produtos de merchandising.

No Brasil, a série original foi exibida pela primeira vez no SBT, com dublagem da Gota Mágica, mas só teve 60 episódios exibidos. A fase Z estreou em 1999 na Rede Bandeirantes e no Cartoon Network; sendo exibida também na Rede Globo a partir de 2001. Em 2002, a Rede Globo transmitiu a série orginal redublada pela Álamo e a DPN e em 2003, a emissora carioca exibiu Dragon Ball GT, que começou a ser exibida no ano anterior pela Cartoon Network. A Cartoon Network ainda exibiu Dragon Ball Kai e Super.

O mangá foi publicado no Brasil pela primeira vez completo pela Conrad Editora, que também publicou as 16 primeiras edições do kanzenban da obra. A Panini republicou o mangá em formato tankobon e atualmente republica o kanzenban.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *